segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Análise: Track and Field

Track & Field (também conhecido como Hyper Olympic) foi o primeiro jogo da franquia de atletismo da Konami. Datado de 1988, o joguinho foi lançado inicialmente para arcade e posteriormente para outras plataformas incluindo o NES (1992).

O jogo nada mais é do que uma competição de atletismo que compreende os seguintes esportes: 100 metros livres, salto em distância, arremesso de disco e peso, 110 metros com barreira e salto em altura.
Em cada prova o jogador deverá alcançar um requisito mínimo para se classificar e continuar competindo. Por exemplo, nos 100 metros livres há um tempo de X segundos para se classificar e poder competir a prova.

No que tange a jogabilidade, Track & Field imortalizou o conceito de apertar os botões repetidas vezes para correr. Talvez esse seja um de seus pontos fortes e viciantes.

Com relação a esse ponto, acho muito interessante. Em alguns jogos mais recentes, por exemplo, para correr é necessário apertar tantos botões e tudo fica tão complicado que até perde-se a vontade de jogar.

De forma geral, controlar e competir é simples, fácil e divertido. Enfim, compreende a receita básica do sucesso de um bom joguinho. Os gráficos são, na medida do possível, bons e não comprometem a jogabilidade.

Track & Field é uma ótima opção, ainda mais em tempos de olímpiadas. Seu sucesso foi tamanho que criou uma legião de fãs que competem e registram recordes das provas até hoje, vide um exemplo. Novas versões são lançadas até hoje e inclusive um remake do original está disponível no XBox Live pela bagatela de cinco doletas.

Infos/imagens: KLOV e Wikipedia

Nome: Track and Field
Tipo: Jogos / Atletismo
Ano: 1988
Autor: Konami
Tamanho: ???
OS: Arcade, NES e outros
Jogar no VNes: [aqui]

4 comentários:

  1. Com as olimpíadas rolando vc vai ter que falar do maior dos clássicos dos jogos de esportes olímpicos. O quebra Joysticks!

    Você sabe qual é!

    Como já diria o Charlie Brown Jr ("Não Adianta Correeerr...") hehehe

    ResponderExcluir
  2. Esse aí acho que não quebrou tantos controles quanto o Decathlon do Atari. ehehehehehe

    ResponderExcluir
  3. Um autêntico quebrador de joysticks!!! Mas era uma beleza de joguinho. :)

    ResponderExcluir
  4. Joguinho bem loko., lembro q jogava no meu Polystation xD, adorava a musica de abertura.

    ResponderExcluir