terça-feira, 16 de junho de 2009

Jogos: Karoshi


Karoshi é um jogo independente, criado e produzido por um supostamente holandês de vinte e poucos anos chamado Jesse Venbrux. Jesse - vamos chamá-lo assim - estuda game design na Utrecht School of the Arts e teve a idéia de um dos jogos mais originais, divertidos e politicamente incorretos que joguei nos últimos tempos. Uma espécie de Rockstar moderno.

O termo karoshi significa morrer de tanto trabalhar, certo Wikipedia? O objetivo do jogo é mais ou menos esse. Você deve auxiliar um executivo a "suicidar-se". Isso mesmo, o joguinho é como um quebra-cabeça em que Você deve encontrar um meio de matar o seu personagem... Macabro? Sim. Divertido? Muito!

Ao longo das fases, o objetivo torna-se muito difícil... Além disso, em algumas etapas além de "se matar", o jogador deverá operacionalizar a morte de outros personagens.

Até agora foram lançadas 5 versões do jogo, sendo as 3 primeiras necessário o download, e as 2 últimas são jogadas online (flash):


Em cada versão foram introduzidos novos elementos e desafios que tornam o jogo ainda mais divertido. Além disso, o humor do autor - nosso amigo Jesse - foi se apurando e tornando-se cada vez mais negro...

Fato curioso é que o autor afirma que levou menos de 10 minutos para criar os gráficos do jogo. Essa informação não surpreende quem conhece o joguinho, uma vez que os gráficos são toscos de forma divertida, se é que me entende?

Enfim, a conclusão é que a franquia Karoshi é divertidíssima e precisa ser jogada. Não é a toa que já recebeu diversos prêmios de revistas e sites especializados em games.

Info/Imagem: Site Oficial

4 comentários:

  1. Não tem cara de ser muito legal não.

    ResponderExcluir
  2. Thiago, eu te achei no orkut! E por incrível que pareça, a gente tem um colega em comum, o seu xará Thiago Massao. Estudei com ele na faculdade.
    Baita coincidência, não?

    ResponderExcluir
  3. Parece ser ruim, mais é EXCELENTE!!

    ResponderExcluir
  4. no começo achei que era ruim mas é excelente gostei muito

    ResponderExcluir